Você já ouviu falar em setor de recursos humanos orientado a dados? Pois bem, apesar de parecer um conceito novo, a ideia já vem sendo aplicada em organizações de diversos segmentos há quase três décadas.

O uso de informações internas para analisar o comportamento dos funcionários, com a finalidade de otimizar a alocação de pessoal, de acordo com suas competências na empresa, não é nenhuma novidade.

Contudo, muitas companhias desconhecem os benefícios que essa estratégia pode proporcionar. Portanto, neste conteúdo, mostramos o que é um RH orientado por dados e como ele pode beneficiar o negócio. Confira agora!

O que é um setor de recursos humanos orientado a dados?

Consiste em uma metodologia que usa informações para compreender o comportamento das pessoas dentro do ambiente laboral, com o objetivo de identificar padrões, antecipar cenários e traçar tendências que possibilitem ganhos de eficiência e produtividade.

Também conhecido como People Analytics, o termo surgiu na década de 1990, embora tenha se consolidado apenas na década seguinte, e o Google teve um papel fundamental nisso.

A companhia desenvolveu algoritmos de análise para ajudar equipes de RH durante o recrutamento de novos funcionários, permitindo mensurar o engajamento dos colaboradores já contratados.

Quais os benefícios de ter um setor de recursos humanos orientado a dados?

Agora, que você já tem uma perspectiva mais abrangente sobre o conceito, mostraremos quais são as principais vantagens que ele pode proporcionar aos funcionários e aos resultados da empresa.

1. Economia de recursos financeiros

A contratação de um novo empregado gera grandes custos — que envolvem recursos financeiros e tempo do setor de RH para a companhia — como despesas com recrutamento, processos seletivos, exames admissionais, gastos com treinamentos, entre outros.

Dado o contexto, até que o novo colaborador comece a desenvolver suas funções sozinho, há muitos gastos a serem feitos. Portanto, investir em dados é uma das melhores maneiras de identificar quais funcionários estão desmotivados e estão à procura de outro emprego e, dessa forma, criar ações para engajá-los e retê-los na empresa.

2. Ganho de eficiência

Outro grande benefício de ter um departamento de recursos humanos orientado a dados, é que as informações obtidas pela equipe ajudam a focar os investimentos em melhorar a eficiência da empresa, já que a metodologia proporciona mais agilidade.

Isso ocorre porque uma das consequências diretas é o aumento da produtividade, pois ao contratar o colaborador adequado, o RH desenvolve os mecanismos necessários para que ele se sinta motivado e, ainda, busque por talentos ideais para a organização.

3. Aproveitamento de competências

Por fim, um dos segredos para o sucesso da empresa é pode contar com uma equipe de funcionários competentes, engajados e motivados. Sendo assim, quando há um setor de recursos humanos orientado por dados, é possível cruzar informações da equipe interna com os currículos recebidos.

A área de treinamento, por exemplo, também é beneficiada, já que investirá apenas nos colaboradores que têm potencial de permanecer na empresa e trazer resultados satisfatórios para o negócio.

Além disso, o cruzamento de dados permite o melhor aproveitamento das competências, já que ajuda a traçar o perfil de cada empregado, evidenciando suas vocações.

Como você pôde conferir, ter um departamento de recursos humanos orientado a dados gera grandes vantagens para a organização, pois proporciona os recursos necessários para tornar o processo de recrutamento muito mais eficiente, além de economizar o orçamento da empresa.

Agora, não deixe de conferir também o nosso artigo sobre como criar um planejamento estratégico para o RH para preparar a empresa para o ano novo!

Deixe uma resposta

Fechar Menu