A interação entre o setor de RH e a gestão de compras costuma apresentar alguns conflitos. De alguns anos para cá, entretanto, essas duas áreas vêm consolidando e estreitando suas relações. Isto é muito benéfico para qualquer organização, pois quanto maior e mais organizada uma empresa, mais fácil fica de perceber essa relação, pois ela acontece de várias maneiras.

É muito importante que ambos os setores tenham uma boa comunicação e que tenham atuação estratégica, a fim de que a melhor decisão seja tomada para a empresa, não apenas em relação aos custos, mas também às pessoas.

Neste post, explicamos as principais decisões do RH que impactam nos custos da organização. Acompanhe!

Restaurante corporativo

A gestão de compras é responsável por manter o restaurante da empresa em pleno funcionamento. Se formos falar da rotina dele, por exemplo, é necessário levar em conta que o setor de compras será o responsável por abastecer o restaurante com os ingredientes necessários para oferecer uma alimentação balanceada. Isso proporciona mais bem-estar aos colaboradores e, consequentemente, afeta a produtividade das pessoas.

Além disso, um planejamento de produção bem elaborado, contendo um orçamento pré-definido, é essencial quando seu objetivo é obter lucros.

É possível manter o que foi planejado sem ultrapassar seu orçamento, quando o valor de custo do seu cardápio diário, por exemplo, é considerado. É muito importante ter um bom sistema de gestão para esse tipo de tarefa, afinal, é muito difícil guardar de cabeça, ou mesmo em planilhas, as particularidades de cada um, quando a empresa precisa administrar refeições de inúmeros contratos. 

Mobiliário 

Ao setor de compras cabe também a responsabilidade de constituir e manter um bom relacionamento com os fornecedores de mobiliário da empresa. É importante lembrar que por, meio disso, o seu poder de permuta se eleva. Assegurando, assim, melhores preços nas negociações.

Esse relacionamento com os fornecedores é totalmente estratégico para que a sua empresa consiga reduzir os custos do mobiliário. Todavia, para que seja realizado de maneira eficiente, é necessário registrar todas as negociações estabelecidas, além das compras efetuadas.

Com a organização de todo o histórico de negociação, o setor de compras da sua empresa poderá argumentar ao solicitarem descontos, por exemplo. Será bem mais fácil reduzir os valores nas próximas compras, quando várias compras foram feitas com determinado fornecedor ou caso o volume mensal seja grande.

Equipamentos para os colaboradores

A união do setor de RH e a gestão de compras ajuda a eliminar as deficiências da administração de recursos humanos e possibilita melhores condições de trabalho para os colaboradores da empresa. Os equipamentos necessários para a segurança deles são ótimos exemplos de decisões que ajudam muito na redução de custos com possíveis acidentes de trabalho. Além disso, possibilitam maior confiança aos funcionários e consequentemente aumentam a produtividade.

Neste item cabe considerar também a questão do uso ou não de uniformes. Uma avaliação dos resultados da adoção ou não dessa opção deve ser realizada em conjunto considerando, também, o ponto de vista dos colaboradores.

Mostramos neste post algumas decisões do RH que impactam nos custos da empresa e que podem influenciar na sua produtividade. Para que a gestão de compras influencie de forma positiva o seu negócio é necessário que ela tenha processos muito bem definidos e os realize fielmente.

Agora que você sabe qual a diferença entre o setor de RH e a gestão de compras, entre em contato conosco e conheça os nossos serviços.

Deixe uma resposta

Fechar Menu