O Facility Management (gestão de facilities) é uma estratégia indispensável para o sucesso de uma empresa. Então, descubra o motivo em nosso artigo!

O mundo corporativo apresenta vários desafios para as empresas. Dessa forma, para superá-los, é importante que os gestores tenham uma clara visão interna (processos, equipamentos e profissionais) e externa (tendências e comportamentos) do ambiente empresarial. Por isso, uma estratégia que ajuda nesse objetivo é a implantação do Facility Management integrado.

Neste artigo, explicaremos o que é essa prática. Além disso, mostraremos a sua importância e as vantagens que oferece para as organizações. Então, avance para os próximos tópicos!

O que é Facility Management integrado?

Em termos simples, Facility Management (em português, gestão de facilities) é uma forma de gerenciamento que garante a eficiência e o funcionamento da empresa. Na prática, a gestão de facilities faz parte do conjunto de atividades-meio (back-office) da organização.

Isso significa que não cuida da atividade principal (core business), mas das demandas de suporte (limpeza, manutenção, alimentação etc.). Quando integrado, o Facility Management garante que o fluxo das atividades aconteça de maneira padronizada e com um alto nível de qualidade.

Quem toma a frente nesse tipo de gerenciamento é o gestor de facilities. Com a ajuda desse profissional, a organização define estratégias, implanta novos conceitos e tecnologias, mensura o desempenho dos processos e amplia os resultados do Facility Management integrado.

Qual é a sua importância?

Um dos aspectos que mostram a importância do Facility Management integrado é a redução de custos da empresa. Por meio da atuação do gestor de facilities, a organização utiliza os recursos financeiros com inteligência. Enxugando gastos desnecessários, bem como revendo os contratos com fornecedores em busca do melhor custo benefício.

Vale ressaltar que o papel de gestor de facilities pode ser realizado por uma empresa especializada que oferece serviços terceirizados. Sendo assim, o negócio potencializa ainda mais:

  • a produtividade interna;
  • as práticas de compliance;
  • a integração dos setores;
  • as estratégias de governança.

Quem pode utilizar a gestão de facilities?

No geral, o Facility Management integrado pode ser implantado em organizações de pequeno, médio e grande porte. Porém, é importante que a empresa que deseja obter esse serviço tenha vários setores e atividades. Dessa forma, uma vez que, ajuda nos cuidados com a manutenção de equipamentos e estruturas internas, evitando a sobrecarga de trabalho dos profissionais internos.

De forma similar, o gestor de facilities (ou a empresa que atua como tal) pode prestar serviços para esses mesmos portes de organizações. Sendo assim, no caso de um profissional, é conhecido pelos cargos de:

  • gerente de administração;
  • gerente de manutenção e obras;
  • de serviços gerais;
  • infraestrutura;
  • e de facilities.

Para encontrar a melhor empresa ou profissional em Facility Management integrado, é importante pesquisar:

  • recomendações na internet;
  • histórico;
  • qualidade dos serviços prestados;
  • custo benefício do contrato;
  • certificações de qualidade dos serviços.

Sem dúvidas, as organizações têm muito trabalho a realizar. Por isso, a gestão de facilities é um verdadeiro trunfo para as empresas que desejam ter um bom suporte para a execução do seu core business. Sendo assim, o resultado é a elevação do sucesso na área de atuação do negócio!

O que achou do nosso artigo? Afinal, entendeu como implantar o Facility Management integrado na sua empresa? Sendo assim, quer conhecer uma empresa especializada em gestão de Facilities? Então, entre em contato com o time de especialistas da Exal!

Deixe um comentário