Toda empresa, independentemente de seu tamanho, deve formular e aderir ao seu próprio código de cultura. Mas afinal, o que é isso?

Antes de explicar o conceito, do também conhecido como culture code, vale lembrar que toda empresa tem a sua própria personalidade, o que também pode ser chamado de identidade. Essa personalidade própria é o diferencial de cada empresa, e aquela com características mais singulares dentro do mercado é a que acaba se destacando das demais.

O culture code nada mais é do que um conjunto de normas que visa preservar os valores éticos e as crenças da empresa, ou seja, a sua cultura. Cada colaborador deve seguir esse código e agir de acordo com o que a empresa valoriza e acredita.

Neste texto nós auxiliaremos você, leitor, a criar um código de cultura próprio para a sua empresa mostrando alguns passos essenciais a serem seguidos. Confira:

Defina os principais valores da empresa

Para algumas empresas, por exemplo, produtividade significa arrecadar no final do mês um total X de lucro, para outras empresas, entretanto, produtividade é realizar uma certa quantidade de tarefas. Cada organização pensa de uma maneira, por isso é tão importante definir seus valores.

Como já foi dito na introdução, para que o culture code seja eficiente, nele deve constar os principais valores a serem priorizados dentro da empresa.

O que a sua empresa pretende defender? Qual é o público que você deseja atrair? O que você considera ser o diferencial da sua empresa? Tudo isso deve ser levado em consideração na hora de elaborar o culture code.

O interessante é que os colaboradores participem na hora de criar o código de cultura, afinal, são eles quem vestem a camisa e movimentam a empresa.

Estude o culture code das outras empresas

Existem várias empresas bem sucedidas que podem servir de inspiração para a criação do seu próprio código de cultura. Por exemplo, a forma como a Netflix trabalha e cuida de seus clientes é referência no mundo todo, então, por que não se inspirar em seu culture code? Mesmo que essa empresa não seja do mesmo setor que o seu, vocês podem ter valores parecidos.

Anote tudo o que você achou interessante no culture code da sua referência, observe também tudo o que você mudaria para a melhor. Mas lembre-se que inspiração é diferente de cópia: o culture code da sua empresa deve ser o que a faz especial!

Documente o culture code

Para ser levado a sério, o código de cultura deve ser tratado como um documento, então, nada de deixá-lo apenas no mundo das ideias: passe seu culture code para o papel, literalmente.

O documento que oficializa o código de cultura deve ser de fácil entendimento, então nem pense em fazer uma segunda constituição brasileira! Construa frases simples, objetivas e assertivas.

Antes de ser aprovada, a versão final do culture code deve ser disponibilizada a todos os colaboradores para que eles possam dar seus feedbacks. Caso algum ponto não corresponda à identidade da empresa, ele deve ser alterado imediatamente.

Divulgue o seu culture code

Depois de revisado e aprovado por toda a sua equipe, o culture code enfim será um documento. Esse documento deve estar à disposição de todos os colaboradores da empresa para que eles tenham consciência que essas normas deverão ser seguidas para bem do funcionamento de toda a empresa.

Mas só quem trabalha na empresa deve ter acesso ao culture code? A resposta é não! O interessante é divulgar o código de cultura para que todos possam acessá-lo, essa é uma ótima forma de atrair novos colaboradores.

Uma empresa que tem um código de cultura bem definido é aquela que consegue atingir seus objetivos mais facilmente pois todos sabem pelo que estão trabalhando e como devem trabalhar. Pesquise e documente a identidade da sua empresa, você vai ver como a sua equipe ficará mais unida.

Gostou do texto? Esse tipo de conteúdo é do seu interesse? Então assine a nossa newsletter e receba em primeira mão todos as novidades que acontecem por aqui!

Fechar Menu