Os millennials, pessoas nascidas entre 1990 e 2010, é uma geração complexa e única. O comportamento dos millennials é algo que vem sendo muito discutido — especialmente em ambientes corporativos.

Recrutar colaboradores que fazem parte dessa geração é um grande desafio para o setor de RH. Embora os millennials sejam ótimos com tecnologia, eles se desmotivam fácil e não mostram lealdade à empresa na qual trabalham.

Entender o motivo de toda a desmotivação dos millennials é o primeiro passo para estabelecer uma boa relação com essa geração. Se você quer aprender a lidar com colaboradores millennials, então continue com a leitura!

Quais são as características dos colaboradores millennials?

Todos os jovens da geração millennial compartilham de características similares. Os adultos da geração anterior enxergam-os como inconstantes, desmotivados e desleais.

A verdade é que esses jovens são muito ambiciosos e buscam o empoderamento próprio. Os millennials valorizam muito as suas qualidades e conhecem o seu potencial. Por isso, eles não aceitam trabalhar em empresas que ofereçam menos do que eles acreditam merecer.

Outra consequência das características citadas acima é que os millennials gostam de ser valorizados. E é por isso que eles ficam desmotivados tão facilmente, pois não é toda empresa que reconhece os esforços dos seus colaboradores.

Por último, é importante salientar que esses jovens valorizam muito, expedientes com horários flexíveis e preferem trabalhar em um clima organizacional participativo e leve.

Por que os colaboradores millennials são um desafio para as empresas?

A melhor explicação é que existe um conflito de gerações entre a liderança e os colaboradores. Geralmente, a liderança e a gestão são formadas por pessoas da geração anterior, ou seja, que pensam e agem de forma totalmente diferente deles. Muitas empresas ainda mantêm o modelo tradicional e hierárquico de trabalho, o que não agrada os millennials.

Esses jovens gostam de questionar os seus superiores, o que acaba gerando muitos conflitos. Na verdade, os millennials não questionam por arrogância, e, sim, por curiosidade e vontade de aprender.

Os millennials também são conhecidos por mudarem de emprego muito facilmente. Como já foi dito antes, esses jovens buscam por reconhecimento, portanto, se eles sentirem que não estão sendo valorizados, eles mudarão de emprego sem pensar duas vezes.

Como lidar com colaboradores millennials?

O setor de RH precisa acompanhar as mudanças do mundo, afinal, as pessoas também mudam. A maior parte dos colaboradores presentes em empresas hoje em dia são millennials, então as empresas e a gestão de pessoas precisam adequar-se a essa geração.

O primeiro passo para o RH conseguir comunicar-se com os millennials é manter a transparência. Como já foi dito, eles são curiosos e gostam de entender tudo o que está acontecendo ao seu redor. Deixe que eles questionem, mas não se esqueça de dar respostas sinceras e convincentes para todas as perguntas.

Para que os seus colaboradores não fiquem desmotivados e se sintam importantes dentro da empresa, não deixe de dar feedbacks positivos e construtivos com frequência. Os millennials são conscientes e, por isso, não almejam aumentos de salários constantes, mas gostam de aprender e crescer. Uma boa forma de saciar esse desejo por conhecimento é oferecendo treinamentos.

A desmotivação dos millennials é, sim, um problema, mas ele pode ser resolvido se o RH entender as aspirações e as exigências dos colaboradores dessa geração. Para tanto, a empresa precisará realizar algumas mudanças – então esteja aberto a transformações.

Gostou do texto? Quer ler mais sobre administração e os desafios do setor de RH? Assine a nossa newsletter e receba em primeira mão mais artigos como este.

 

Deixe uma resposta