Graças aos avanços tecnológicos, as empresas estão investindo cada vez mais no trabalho remoto — esse acontecimento também está sendo fortemente impulsionado pela chegada da pandemia causada pelo Covid-19.

Com grande parte da equipe trabalhando em casa, muitas empresas se depararam com a seguinte dúvida: como fazer uma gestão de produtividade de trabalhadores home office? Afinal, o trabalho remoto pode trazer grandes benefícios para a empresa, entretanto, se não for administrado corretamente, essa modalidade de trabalho pode causar prejuízos.

Se você também tem essa dúvida, então veio ao texto certo. A seguir, nós mostraremos 4 dicas para você fazer uma gestão remota e manter a produtividade dos seus negócios. Ficou interessado? Então acompanhe a leitura!

1. Mantenha contato periodicamente

Lembre-se que os colaboradores da sua empresa não são como os seus amigos de longa data que você pode ficar anos sem manter contato e mesmo assim vocês continuarão a ter um vínculo. Caso a empresa não contate o colaborador periodicamente, ele poderá se sentir esquecido ou desvalorizado.

Embora não haja um espaço físico para interação e troca de ideias, a empresa pode fazer uso de vários programas e aplicativos para estabelecer uma rotina de reuniões online. A grande vantagem das reuniões online é que a troca de informações fica mais clara, o que muitas vezes pode não acontecer via mensagem escrita.

2. Use indicadores de desempenho

Se durante o trabalho presencial esse tipo de ferramenta já era necessário, na gestão de produtividade remota os indicadores de desempenho se tornam ainda mais importantes. É por meio do uso dos indicadores (também conhecidos como KPIs) que os gestores conseguirão analisar o desempenho de cada equipe ou colaborador.

É comum que a empresa apresente uma pequena queda na produtividade nos primeiros momentos da transição do trabalho presencial para o remoto. No entanto, se a produtividade continuar caindo conforme o passar do tempo, isso significa que é hora do departamento de gestão de pessoas agir para solucionar os problemas que podem estar acometendo os colaboradores — que são os grandes responsáveis pela produção de uma empresa.

3. Defina uma rotina de trabalho para a sua equipe

Controlar a produtividade de colaboradores que trabalham a distância fica muito mais fácil com uma rotina de trabalho. Como já dissemos, a transição entre o trabalho presencial para o home office costuma ser cheio de dúvidas. Cabe aos gestores ajudar os seus colaboradores a se adaptar às novidades — e uma das melhores maneiras de fazer isso é criando uma rotina de trabalho.

Defina os horários para começo e término do expediente. Não se esqueça de incluir as pausas para almoço e pequenos descansos ao longo do dia. Lembre-se que as datas e horários para as reuniões online também devem ser determinadas com antecedência, assim há maior garantia de que todos poderão participar.

4. Compartilhe os resultados

Os resultados adquiridos por meio do home office devem ser compartilhados com toda a equipe, mesmo quando eles não são agradáveis. Todo bom gestor sabe que, para fazer uma gestão de produtividade eficiente, as equipes precisam focar em metas e resultados.

Lembre-se sempre de apontar o que está condizente com o que foi planejado e elogie a sua equipe. No entanto, caso seja necessário, também é papel do gestor apontar os pontos que precisam ser melhorados.

A falta de uma gestão de produtividade pode ser muito prejudicial para o desempenho de qualquer empresa, principalmente em momentos delicados como a crise causada pela pandemia do Covid-19. Temos certeza que, ao seguir todas as dicas citadas neste texto, você conseguirá fazer uma gestão eficiente.

Achou as nossas dicas úteis? Gostaria de ler mais sobre gestão? Então confira este outro artigo onde nós falamos sobre as 6 tendências de gestão de pessoas que merecem atenção.

Deixe uma resposta