Para ter força competitiva no mercado, driblar a concorrência e, principalmente, manter a lucratividade da empresa, ter uma boa negociação com fornecedores é essencial. Inclusive, esse é um fator indispensável no mundo dos negócios, já que, a partir das propostas analisadas, é possível ver o que atende melhor às suas necessidades.

Sabemos que a habilidade de conduzir uma boa negociação depende de algumas táticas e estratégias, por isso, reunimos cinco dicas que podem ajudar. Continue a leitura e confira quais são elas!

1. Construa um relacionamento em longo prazo

Uma relação que beneficia tanto o fornecedor quanto o cliente tem como base a confiança. Aliás, um dos motivos que fazem com que a negociação com fornecedores seja vantajosa para ambos os lados é o bom relacionamento, que permite a troca de informações e torna tudo mais confortável.

Cabe frisar também que, muitas vezes, a relação com um fornecedor não se baseia em uma única transação. Logo, trabalhar o relacionamento é facilitar a negociação.

2. Trace boas estratégias

Tenha em mente que fazer uma boa negociação com fornecedores não é o mesmo que pedir insistentemente por descontos ou ter facilidades na hora de pagar. Nesse momento, criar uma boa estratégia é a chave para o sucesso.

A partir do momento que você se planeja para a conversa com o fornecedor, é possível definir a melhor abordagem e agir com coerência, sempre com foco no seu objetivo final.

3. Saiba aproveitar as oportunidades

Aproveitar épocas sazonais para conseguir um bom preço é uma ótima dica. Alguns artigos têm busca maior em determinados momentos do ano. Então, quando eles estiverem com preços mais baixos e com pouca procura, é a sua chance de comprar uma boa quantidade para estocar.

Os chás e as sopas, por exemplo, costumam ficar em alta durante o inverno, mas são deixados um pouco de lado nas estações mais quentes do ano. Sabendo disso, é possível que o fornecedor melhore o preço desses produtos para você.

4. Busque benefícios mútuos na negociação com fornecedores

Em qualquer negociação, é normal que as partes envolvidas façam concessões para que todos saiam ganhando. Com os fornecedores não é diferente. É preciso ser franco e objetivo ao tentar unir os interesses, sejam eles referentes ao prazo de entrega, preços ou questões de contrato.

Tente ao máximo fazer com que ambos os lados fiquem satisfeitos, de um jeito natural. Forçar a situação pode ser completamente desagradável e acabar com a relação entre empresa e fornecedor.

5. Pesquise muito antes de fechar uma compra

Ter informações relevantes sobre os produtos e serviços que pretende contratar é uma ótima estratégia para fazer boas negociações. Muitas decisões ruins são tomadas quando há falta de conhecimento. Por isso que é tão importante pesquisar as possibilidades, preços de mercado, modo como a concorrência atua e demais detalhes que podem ajudar a fechar uma compra.

Se mesmo com todas as informações e argumentos não for possível criar um acordo, procure um fornecedor que esteja disposto a conversar. Afinal, você tem muitas possibilidades, e precisa escolher aquela que seja saudável para o seu negócio.

Como vimos, uma boa negociação com fornecedores gera vários benefícios para a empresa. Além das questões financeiras, um acordo bem conduzido também pode ser interessante para diminuir prazos de entregas, receber brindes, e o mais importante: construir uma relação de confiança.

Você gostou das dicas para fazer melhores negociações? Notou os benefícios que isso pode proporcionar? Então, compartilhe este post em suas redes sociais para que outras pessoas fiquem informadas!

Fechar Menu