Uma das grandes preocupações do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) no Brasil se refere ao alarmante número de acidentes de trabalho que ocorrem em nosso país.

A CLT — Consolidação das Leis do Trabalho — engloba uma série de Normas Regulamentadoras (NR) que estabelecem procedimentos de segurança e de medicina do trabalho. Esses procedimentos devem ser seguidos por todas as empresas públicas, privadas e órgãos governamentais.

Cabe aos gestores de RH das corporações a observância às normas e o acompanhamento de ações que visam minimizar acidentes.

Neste post você entenderá o que é uma Norma Regulamentadora e terá algumas dicas para engajar seus funcionários na prevenção de acidentes de trabalho. Confira!

Normas regulamentadoras

Na década de 1970, foram aprovadas as normas regulamentadoras que obrigaram a sua observância por todas as empresas instaladas em território nacional. Algumas normas especificam os procedimentos relativos à segurança e à medicina do trabalho.

Esses procedimentos dependem do tipo de atividade que a empresa exerce e os riscos envolvidos em sua operação.  O propósito final é garantir que os colaboradores estejam com a saúde e a integridade física protegidos em seu local de trabalho.

Infelizmente nem sempre todos os colaboradores se sensibilizam com a questão da segurança. A empresa investe em EPC — equipamento de proteção coletiva — e em EPI — equipamento de proteção individual —, mas muitos funcionários não os utilizam ou não o fazem de maneira adequada.

Assim, cabe aos gestores de RH criar estratégias para o engajamento dos funcionários na prevenção de acidentes de trabalho.

Treinamento introdutório

Na admissão do novo funcionário deve ser feito um treinamento introdutório mostrando, de maneira enfática, todos os riscos inerentes às atividades que serão executadas. Deve-se esclarecer que pequenas atitudes impensadas podem trazer um grande prejuízo para a pessoa e para a empresa.

Chamar a atenção sobre a utilização dos equipamentos de segurança, tantos os de uso pessoal como os de uso coletivo. Mostrar que não adianta nada o colaborador receber um protetor auricular, por exemplo, e deixá-lo no bolso da calça.

Cada empresa deve ter seu manual de saúde e segurança no trabalho, contendo os procedimentos que devem ser seguidos por todos. Esse manual deve ser entregue durante o treinamento introdutório.

Comissão Interna de Prevenção de Acidentes

Um dos requisitos das normas regulamentadoras é e exigência da formação da CIPA — Comissão Interna de Prevenção de Acidentes. Cabe aos gestores utilizar essa comissão como um agente de divulgação e sensibilização dos funcionários.

Como a comissão é composta por colegas de trabalho, isso facilita que a comunicação com os demais companheiros seja feita com mais intimidade, possibilitando uma maior força de convencimento.

SIPAT — Semana Interna de Prevenção de Acidente de Trabalho

A SIPAT é um evento exigido por lei que ocorre anualmente. É importante utilizar essa semana com palestras, filmes e atividades que reforcem os treinamentos de segurança, saúde e prevenção de acidentes de trabalho.

Algumas empresas, dependendo da disponibilidade de verba, contratam grupos teatrais para encenarem alguns quadros que possam refletir a situação do dia a dia e os riscos envolvidos. Podem, inclusive, simular um acidente e as suas consequências. Outras oferecem brindes e realizam ginástica laboral. Ainda existe aquelas que incentivam seus departamentos a competirem entre si em uma disputa de qual fica mais tempo sem um acidente de trabalho.

Comunicação interna

Utilizar todos os canais de divulgação interna é outra boa prática para atrair os funcionários a ter uma atenção redobrada com a segurança. Usar a intranet, o correio eletrônico e os quadros de aviso são ações que podem ajudar no envolvimento das pessoas na redução dos acidentes.

Essas são algumas dicas que podem ajudá-lo a engajar seus funcionários na prevenção de acidentes de trabalho. O comprometimento de todos é fundamental para que o número de acidentes caia no Brasil.

E você, gostou das dicas? Deixe seu comentário no post!

Deixe uma resposta

Fechar Menu