Você já imaginou transformar a rotina pesada dos seus funcionários em momentos agradáveis, explorando a competitividade de maneira saudável e melhorando os resultados da empresa? É por isso que hoje você vai descobrir o que é gamification!

Esse método consiste em criar uma atmosfera lúdica e atrativa para alcançar as metas de uma companhia, transformando as atividades do dia a dia em um cenário parecido com o dos videogames, que pode trazer inúmeras vantagens para o seu negócio. Leia nosso artigo e descubra como isso acontece!

O que é gamification

O termo gamification se popularizou em meados de 2010, quando as grandes organizações passaram a inserir as dinâmicas aplicadas em jogos no cotidiano dos seus funcionários.

A estratégia pode ser usada tanto no que diz respeito ao design de comunicados, alertas e mensagens, quanto na utilização das mecânicas aplicadas nos games para promover treinamentos e outras ações dentro da empresa, incentivando e instruindo os colaboradores.

Os elementos básicos dos jogos de videogames que podem ser usados nas ações estratégicas voltadas às equipes de uma organização são:

  • pontuação e ranking;
  • premiação;
  • troféus;
  • regras;
  • ludicidade;
  • evolução.

A intenção é que o trabalhador seja atraído por esse sistema, exercendo sua função para alcançar os objetivos do jogo e, consequentemente, atingindo as metas da empresa.

As influências nos resultados

Você deve estar se perguntando: como o uso da gamificação pode melhorar os resultados da empresa? A resposta é muito simples.

O videogame fez parte da infância e juventude de um grande número de pessoas que ocupam o mercado de trabalho atualmente. Aqueles que não tiveram contato com essa tecnologia, certamente se interessam pelos benefícios que essa estratégia pode trazer à sua atuação dentro da indústria em que trabalha.

Cabe ao departamento de recursos humanos, junto aos gestores, usar a criatividade na hora de promover os jogos. O primeiro passo é definir o objetivo de cada setor e a premiação de cada meta atingida. Depois, qual jogo será aplicado para que sejam alcançados tais objetivos, sem se esquecer de comunicar todo o processo.

Por exemplo: se a empresa deseja a confecção de X peças em um determinado espaço de tempo, pode dividir os trabalhadores do setor de produção em equipes. Cada equipe que atingir o objetivo ganha uma pontuação que, ao final de um período, é transformada em um prêmio.

A empresa pode, inclusive, integrar a metodologia ao plano de cargos e salários. Outro exemplo que podemos citar é o interesse em promover alguém do setor administrativo.

Uma série de quiz no próprio sistema interno garante uma pontuação que, em conjunto com outras ações que também podem render pontos (como uma entrevista e a assiduidade) pode definir o novo analista de marketing.

Assim, os indivíduos trabalharão com total dedicação em busca das recompensas, o que vai influenciar positivamente nos resultados da empresa. Não é genial?

As vantagens

Você aprendeu, até aqui, o que é gamification e de que forma ela pode influenciar nos resultados de uma organização. Mas ainda podemos citar diversas vantagens incríveis em adotar essa estratégia. Veja:

  • aumenta a produtividade e o engajamento dos funcionários;
  • desperta o interesse coletivo em atingir as metas;
  • desenvolve a motivação individual e coletiva;
  • estimula a retenção de talentos;
  • auxilia e otimiza os treinamentos, tanto os de novos colaboradores quanto os de reciclagem;
  • facilita a comunicação interna;
  • proporciona novas experiências.

Gostou de descobrir o que é gamification e ver quantos benefícios uma só estratégia pode trazer à empresa? Que tal aplicar o método e garantir os melhores resultados para a organização?

Se você achou nosso artigo interessante e quer continuar recebendo informações valiosas para o seu trabalho, assine a nossa newsletter e tenha acesso, em primeira mão, a conteúdos como esse!

Fechar Menu