Independentemente do segmento a que pertence, toda empresa deve dar aos seus trabalhadores a condição de se alimentar com qualidade. Cabe destacar que tanto a escolha pelo vale-refeição quanto a oferta de um restaurante interno exigem muito planejamento. Ainda assim, cada vez mais gerentes optam por fornecer as refeições diárias dentro da própria empresa.

Embora seja uma opção que traz economia e praticidade, ela também exige um bom plano de gestão para o sucesso de uma implantação. Confira neste post alguns cuidados para uma boa administração e encontre a melhor solução para seu restaurante!

3 cuidados exigidos no restaurante interno

Manter um restaurante dentro da empresa não é tarefa fácil até para os líderes mais experientes. Em muitos casos, a falta de experiência com a gestão desse espaço pode resultar em desorganização, prejuízos e até insatisfação dos trabalhadores. 

Ao se responsabilizar pelo restaurante, um gerente terá que dar conta de controlar e acompanhar todos os passos envolvidos na produção e oferta das refeições. Entenda abaixo as principais obrigações envolvidas com esse trabalho:

Gestão e controle

Perder produtos ainda armazenados ou encarar a falta de alimentos antes do prazo calculado são situações indesejadas por qualquer gerente. Embora sejam problemas extremos, ambos podem ocorrer com frequência se houver a falta de um controle eficiente do estoque por exemplo.

Com ajuda profissional, você garante a manutenção de um registro diário das ações de entrada e saída de produtos. Também terá a segurança de informações detalhadas, como: data de recebimento e retirada do produto, prazo de validade, quantidade de unidades, valor das unidades e também o nome do fornecedor.

Variedade do cardápio

O fato de o restaurante pertencer à empresa não tira a importância de oferecer variedade de pratos na semana. Obviamente, um cardápio misto pode agradar diferentes gostos, mas não é esse seu principal diferencial. Mais do que sabor, um menu completo é o único capaz de fornecer todos os nutrientes a seus funcionários.

Então, qual o desafio nessa etapa? Por não ser o profissional capacitado para elaborar cardápios equilibrados, você terá que contratar um nutricionista para a equipe do seu restaurante interno. Se precisar de apoio para toda a parte de gestão, o ideal é contar com uma empresa terceirizada nesse serviço. 

Capacitação de profissionais

Ainda que pareça uma solução simples e econômica, optar por manter um restaurante com autogestão exige a contratação de profissionais distintos e, consequentemente, investimento no treinamento deles. Nesses casos, cabe ao gerente a tarefa de selecionar bons cozinheiros, ajudantes, atendentes e nutricionista para o restaurante.

Considerando a necessidade de todo esse preparo técnico da equipe, muitos gerentes já preferem contratar empresas terceirizadas para gerirem o restaurante interno. A vantagem é que estas já contam com profissionais treinados para a elaboração de refeições com qualidade de sabor e variedade.

O que avaliar em uma empresa terceirizada

Uma boa empresa oferece soluções completas em alimentação corporativa sem deixar de lado a qualidade da gestão. Ao contar com esse tipo de trabalho, sua empresa poderá diminuir custos com treinamento de pessoas e agilizar processos. Veja o que avaliar na escolha:

Carteira de clientes atuais

Peça à empresa referências dos clientes que já contaram com seus serviços. A partir dessas informações, você avalia questões como a qualidade e o compromisso da marca com os trabalhos prestados.

Capacidade de atendimento

Mesmo gostando das avaliações, certifique-se de que a empresa selecionada tem condições de atender a demanda do seu restaurante interno. Para obter dados precisos, informe a quantidade de funcionários e tipos de refeições necessárias diariamente.

Qualidade e variedade de pratos

Como já afirmado, a qualidade e variedade do cardápio são condições determinantes para a contratação de uma empresa. Sendo assim, pergunte sobre as possibilidades de pratos e refeições existentes e analise cada opção apresentada.

Contornar desafios da gestão de um restaurante interno sempre será possível com informação, preparo e acompanhamento profissional. Valorize esses recursos pelos seus funcionários e pela empresa.

Ficou com alguma dúvida? Confira mais conteúdos no blog e entenda como funciona um restaurante terceirizado da Exal!

Deixe uma resposta

Fechar Menu