A descoberta do novo coronavírus obrigou toda a população mundial a rever e reforçar seus hábitos de higiene para evitar a propagação da doença. Como muitos já sabem, uma das formas de contágio deste vírus é por meio da tosse ou do espirro. No entanto, a contaminação também pode ocorrer pelo contato com superfícies que foram tocadas por pessoas infectadas.

A boa notícia é que o vírus pode ser eliminado facilmente com produtos de limpeza. Devido ao atual cenário, a limpeza das residências e, principalmente, de ambientes de uso comum (como escritórios e restaurantes corporativos) faz-se ainda mais necessária.

A seguir, nós mostramos quais são os melhores produtos de limpeza contra o coronavírus e também algumas dicas de higiene que devem ser seguidas para garantir a segurança de todos. Quer saber mais? Acompanhe a leitura!

Quais são os melhores produtos de limpeza contra o coronavírus?

Os vírus são compostos por uma camada de gordura (lipídios) que envolve e protege o material genético. Para destruí-los e anular a sua capacidade de infecção, basta “quebrar” essa camada. Os produtos de limpeza, como desinfetante e água sanitária, conseguem, então, combater o coronavírus por meio do derretimento dessa gordura.

Existem vários produtos que são capazes de desinfetar superfícies contaminadas pelo coronavírus, entre eles: álcool gel, álcool líquido 70%, água sanitária, sabão, detergente, desinfetante e limpadores multiuso. Muitas pessoas se perguntam sobre qual desses produtos é o mais eficiente, mas a verdade é que não existe um que seja melhor que os demais. Todos eles são capazes de destruir o vírus. É claro que existem os mais indicados para cada tipo de situação — por exemplo, se você for limpar o seu celular, jamais use água sanitária.

Como manter um ambiente sempre desinfetado?

Como dissemos anteriormente, todos os produtos de limpeza são capazes de “matar” o coronavírus. O que faz a diferença, na verdade, é a frequência com que os ambientes são higienizados. Não há um estudo que indique o número exato de vezes que uma casa ou empresa precisa ser higienizada. Isso depende muito da intensidade do fluxo de pessoas. Significa que a limpeza de uma empresa, onde ainda há pessoas trabalhando presencialmente, deve ser feita com mais frequência do que a de uma residência.

Vale ressaltar que os ambientes de uso coletivo, como banheiros e cozinha, devem receber uma atenção maior. Quando falamos em cozinha ou restaurante corporativo, a higienização dos talheres e de outros objetos de uso compartilhado deve ser feita meticulosamente.

Quais são os cuidados que as pessoas devem ter ao entrar em um ambiente limpo?

De nada adianta higienizar e limpar sua casa perfeitamente se, minutos depois, alguém entrar com os sapatos sujos. Para que os ambientes permaneçam livres do vírus, as pessoas que frequentam esses espaços também devem atentar-se aos cuidados de higiene pessoal. Oriente os funcionários da sua empresa, ou os visitantes da sua casa, para que limpem as solas dos sapatos ao entrar. Essa limpeza pode ser feita borrifando álcool 70% ou uma solução de água sanitária diluída em água. Caso prefira, também há a opção de usar sapatilhas de TNT descartáveis.

Além de limpar os pés, as pessoas devem higienizar as mãos antes de adentrar os espaços, pois, como dissemos, as contaminadas podem espalhar o vírus pelo contato com superfícies. Por último, mas não menos importante, o uso de máscaras é sempre obrigatório.

Esta pandemia trouxe certo pânico, e todos queremos continuar saudáveis. No entanto, seguindo todas as dicas citadas neste texto, em especial sobre os produtos de limpeza contra o coronavírus, as chances de contaminação serão mínimas. Priorizando a higiene pessoal e a limpeza dos ambientes de uso coletivo, temos certeza de que todos continuarão seguros dentro da sua empresa.

Gostou das nossas dicas? Quer ler mais conteúdos relevantes como este? Então assine já a nossa newsletter e receba artigos sobre gestão de empresas e restaurantes corporativos periodicamente.

Deixe uma resposta