Atualmente, o mundo passa pela pandemia do coronavírus, o agente causador da doença Covid-19. A enfermidade tem como grupo de risco os idosos acima de 60 anos e indivíduos que possuem patologias crônicas, já que tendem a estar com o sistema imune deficitário, causando maiores riscos à saúde.

Portanto, mesmo com o isolamento social, devemos nos preocupar uns com os outros, levando informação e conscientizando as pessoas. Para além disso, devemos atentar aos nossos hábitos alimentares e a práticas que estimulam o bom funcionamento do sistema imunológico. 

No contexto atual, há quem esteja afastado do trabalho, produzindo em home office e também aqueles que prestam os chamados serviços essenciais, ou seja, os que não podem ser interrompidos, como hospitais, supermercados e drogarias. Em todos os casos, faz-se importante que as empresas estejam preocupadas com a saúde e imunidade dos colaboradores.

A sua gestão de recursos humanos está levando isso em consideração? Para isso, criamos 3 dicas essenciais para que você dissemine informação entre os colaboradores. Confira!

1. Alimentação saudável

Uma alimentação saudável é a base para o bom funcionamento do sistema imunológico. Afinal, ao ingerir alimentos nutritivos — os responsáveis pelo bom funcionamento do nosso corpo —, uma pessoa pode prevenir várias enfermidades.

E no que consiste uma alimentação saudável? Comidas frescas, como grãos, legumes, frutas, vegetais. Por outro lado, alimentos ultraprocessados não nutrem o corpo, e, portanto, devem ser evitados.

Para uma alimentação equilibrada e rica em nutrientes, opte por alimentos como:

  • vegetais — brócolis, couve e espinafre
  • frutas — laranja, acerola e kiwi;
  • proteínas — carnes, ovos e peixe;
  • leguminosas — feijão, lentilha, ervilha e grão de bico;
  • carboidratos — mandioca, milho e batata-doce;
  • gorduras saudáveis — azeite, óleo de coco, castanhas e abacate.

2. Oferecer boas condições de trabalho

A melhoria da imunidade dos colaboradores está diretamente atrelada às boas condições de trabalho. Isso porque o bom funcionamento do sistema imune se relaciona, entre outras coisas, com uma boa noite de sono, por exemplo.

Dessa forma, se seus colaboradores tiverem condições ruins e estressantes de trabalho, pode ser tenham uma alta significativa do hormônio chamado cortisol, que é responsável por controlar os níveis de estresse do corpo. Isso, por sua vez, interferirá na qualidade do sono (o que refletirá no trabalho novamente, e propiciará um ciclo de maus hábitos).

Ou seja, mesmo com o caos estabelecido mundo afora, é essencial que seu funcionário se sinta bem no ambiente e trabalho. Cuide disso!

3. Incentivar a prática de exercícios

Praticar atividades físicas traz inúmeras vantagens para a saúde:

  • o desenvolvimento e aumento de sua capacidade física;
  • o bom funcionamento do sistema respiratório, que é onde a Covid-19 ataca;
  • o aumento da autoestima;
  • a redução dos níveis de estresse etc.

Portanto, com todos esses benefícios, é preciso que os colaboradores saibam disso! Mesmo com o isolamento social, sua empresa pode criar mecanismos para que o colaborador se exercite em casa. Por exemplo, é possível fazer uma parceria com um educador físico para disponibilizar aulas online para seus colaboradores, oferecer um mês gratuito de assinatura de um app voltado para atividades físicas etc.

É de suma importância cuidar de todos o funcionários neste momento, tanto os que trabalham home office, quanto os que ainda precisam comparecer na empresa — esses, inclusive, merecem atenção extra! Com essas dicas, será possível valorizar seus colaboradores de formas simples, mas eficientes.

Gostou das nossas dicas de como melhorar a imunidade de seus colaboradores? Se sim não deixe de compartilhá-lo em seus redes sociais.

Deixe uma resposta